Publicado em 25 Janeiro, 2021

Cidadania, porque sim.

No primeiro semestre de 2021, o Museu do Aljube vai realizar um Ciclo de Conversas sobre a importância da educação para a cidadania, ouvindo especialistas e partilhando reflexões, inquietações e compromisso democrático, em streaming, nas redes sociais do Museu.

A segunda conversa, ‘Museus, transformação, participação e direitos humanos‘, está marcada para quarta-feira, dia 24 de Fevereiro, às 18h, com Sara Barriga, Luzia Rodrigues e Joana Simões Piedade.

Sara Barriga é licenciada em Artes Plásticas, mestre em Artes Visuais, pós-graduada em Museologia e Património, Didática das Artes e Liderança. Desenvolveu investigação em museus portugueses e no Peggy Guggenheim, em Veneza. Trabalhou na programação, gestão de públicos e outras atividades no âmbito da museologia e educação artística. É subcomissária do Plano Nacional das Artes.

Luzia Mara Silva Lima-Rodrigues é doutorada em Educação pela Unicamp/Brasil com pós-doutoramento em Terapias Expressivas e Educação Inclusiva, pela Universidade de Lisboa; professora na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal. É especialista em psicodrama pedagógico e em psicopedagogia, e tem uma vasta experiência na dinamização de grupos e na formação contínua de professores.

Joana Simões Piedade é licenciada em Direito, trabalhou como jornalista as temáticas relacionadas com os direitos humanos e migrações forçadas, tem sido também voluntária em campos de refugiados em vários pontos do mundo. Desde 2017 tem orientado debates e oficinas de direitos humanos e cidadania em escolas, do 1° ciclo ao ensino secundário, e no serviço educativo do Museu Gulbenkian. Mestranda em “Migrações, Inter-Etnicidades e Transnacionalismo” na FCSH/NOVA.

Programa completo, inscrições e mais informações, aqui.

 

Ilustração: © twotma