Museu do Aljube

O espaço que albergou uma antiga prisão política da ditadura militar e do Estado Novo durante o regime de António de Oliveira Salazar presta agora homenagem à resistência e à liberdade através do Museu do Aljube.

Nos quatro pisos do número 42 da Rua de Augusto Rosa organizam-se uma mostra de objetos arqueológicos, um espaço para exposições temporárias, uma exposição permanente, um auditório e uma cafetaria com vista panorâmica sobre a Sé Catedral e o rio Tejo. O museu também dispõe de um serviço educativo (que organiza visitas didáticas) e de um centro de documentação, onde disponibiliza literatura especializada e desenvolve actividade de investigação aplicada às temáticas do Museu.


Rua de Augusto Rosa, 42
1100-059 Lisboa

terça a domingo das 10h00 às 18h00h
Encerra às segundas e nos feriados de 1 Janeiro, 1 Maio e 25 de Dezembro
Última admissão: 30 minutos antes da hora de encerramento


Auditório
65 lugares sentados
Equipamento: luz e som


737
12, 28
Portas do Sol, Chão do Loureiro