15 Novembro, 2017

Capital Ibero-americana de Cultura.

Lisboa apresenta, durante todo o ano de 2017, uma programação organizada sob o lema Passado e Presente que alia os eixos da Questão indígena, dos Afrodescendentes e das Migrações ao do Pensamento e criação contemporânea.

Este importante projecto cultural, ao qual a EGEAC se associou como parceiro, apresenta mais de centena e meia de acções entre espectáculos, exposições, colóquios, concertos, teatro, dança e gastronomia que se irão realizar em mais de 40 equipamentos culturais, um pouco por toda a cidade.
A inauguração aconteceu dia 7 de Janeiro no Padrão dos Descobrimentos com a exposição “Al Final del Paraíso”, do artista mexicano Demián Flores. Este trabalho foi inspirado nas crónicas do missionário espanhol Bartolomeu de Las Casas sobre os nativos do México.
No domingo à noite no Teatro São Luiz, três vozes jovens, femininas e cheias de energia realizaram o concerto de Canções para uma Festa com Gisela João, Mariela Condo, do Equador e Yomira John, do Panamá.

Mantenha-se informado em www.lisboacapitaliberoamericana.pt