Estátua de Sileno

Estátua de Sileno em mármore, de meados ou finais séc. I d.C
Sileno era um dos seguidores do deus Dionísio e seu professor (e tinha poderes divinatórios quando ébrio…).

Da sua mão sairia um cano de onde jorraria água para a parte inferior do proscénio (o muro que separava o palco da área reservada aos espectadores). Este tipo de estátuas ornamentava a parte superior do muro do proscénio.
Para ver no Museu de Lisboa – Teatro Romano.
Morada: Rua de São Mamede (ao caldas), 3A
Horário: de terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada 17h30)