Sabia que…

O Museu Bordalo Pinheiro foi o primeiro em Portugal a ser construído de raiz para albergar a obra de um artista, abriu ao público em 1916 pela mão do coleccionador Cruz de Magalhães, grande admirador de Rafael Bordalo Pinheiro.

Numa moradia, no jardim do Campo Grande, que mereceu uma menção honrosa do prémio Valmor, podem ser vistos os seus trabalhos de cerâmica, decoração, design, desenho de humor, banda desenhada e ilustração, com uma especial atenção à figura de Zé Povinho.